Postagens

CAMERATA FAM E CARMELO DE LOS SANTOS

Imagem
Na noite de 13 de junho de 2018 a Fundação Amazônica de Música fez acontecer um concerto da Camerata FAM e do violinista brasileiro, atualmente radicado nos Estados Unidos, onde é professor titular da Universidade do Novo México, em Albuquerque. A  Fundação desta vez fez chamada na TV Liberal, além de usar os outros canais de correspondência para a divulgação do concerto. Mesmo assim a quantidade de gente que compareceu ao concerto foi ínfima para tão boa divulgação. Mas houve um problema: a TV Liberal fez a chamada dando o horário errado do início do concerto. Foi divulgado às 20:30 mas iniciou às 20:00 horas; o que me fez perder metade do programa.      Já tendo sido apresentada anteriormente pelas cordas da Orquestra Jovem Vale Música, a Serenata para Cordas teve boa leitura do conjunto; desta vez com Carmelo como spalla e diretor de orquestra. Isto é o que eu venho dizendo há anos: ficar mudando constantemente os programas os músicos não conseguem amadurecer as peças. Muitas de…

Ariel Lima: recital de piano

Imagem
Vídeos:

Jean Philippe Rameau (163-1764)

Rigaudon em E menor
Musette en Rondeau em E maior
Tambourin em E menor


Sergei Rachmaninoff (1873-1943)

Étude-Tebleau Op. 39, nº. 3



Glauco Velasquez (1930-1984)
Experimentações em Dó




Frances Poulenc (1899-1963)

Les Soirées de Nazelles

Préambule
Cadence
Le Comble de la Distinction
Le Coeur sur la Main
La Désinvolture et la Discrétion
La Suite dans les Idées
Le Charme Enjôleur
Le Contentement de Soi




Pyitr Ilyitch Tchaikovsky (1840-1983)
Grande Sonata para piano Op. 37b
1 - Moderato e risoluto



2 - Andante non troppo, quasi Moderato




3 - Scherzo: Allegro giocoso




4 - Finale: Allegro vivace




Informações do programa:
ARIEL LIMA
Ariel Lima é originário de Belém do Pará, onde iniciou seus estudos de violino aos cinco anos de idade e, posteriormente, de violoncelo aos nove. Autodidata ao piano. começou seus estudos formais do instrumento aos dez, na Escola de Música da UFPA. Deu então seguimento aos seus estudos de piano no Conservatório Carlos Gomes, so b a…

XXXI FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICA DO PARÁ

Imagem
O principal evento musical do Pará já está chegando e tem o seu período já estabelecido e a Fundação Carlos Gomes, criadora e mantenedora do Festival nestas últimas três décadas, já está a todo vapor para o grande momento do calendário musical do Pará, pois um Festival gigantesco como o nosso precisa de muitas forças conjugadas para que ele se realize e sai do papel com tudo a contento.      Através da Lei de Incentivo à Cultura, o Festival é apresentado pelo Ministério da Cultura brasileiro, o Governo do Estado  do Pará e a Fundação Carlos Gomes, órgão responsável pela organização musical no estado, sobretudo, da organização da música erudita feita no Pará.       O Festival conta com o apoio do Sistema Integrado de Museus e Memorias, com patrocínio do Banpará. Em relação ao locais onde ocorrerão os concertos, recitais, masterclass, cursos e oficinas não houve nenhuma mudança em relação a programação do ano passado. E a centralização do Festival no centro da Cidade e no Centro H…

Leon Keuffer e Humberto Azulay: recital de abertura da temporada 2018

Imagem
A temporada de concertos e recitais da Fundação Amazônica de Música se deu na noite de 23 de fevereiro de 2018, após o carnaval é claro, com um recital de piano e violino com os músicos paraenses Leon Keuffer e Humberto Azulay, ambos de famílias de músicos. Leon é filho de Cecília e Paulo Keuffer. Ela cantora e ele violinista, já falecido. Já Humberto é filho da professora de piano Hilda Azulay, que fez carreira didática na Conservatório Carlos Gomes, onde providenciou a formação dele e da irmã, Adriana, outra grande pianista paraense, também especializada na música de câmera. Portanto, com música por todos os lados e sólidas formações musicais, não é de estranhar que ambos tenham um alto nível técnico e de musicalidade. Humberto e Leon são os exemplos para o ditado popular "filho de peixe, peixinho é". Mas nesse caso, temos dois peixões da música erudita paraense.       No programa três sonatas de épocas e estilos diferentes. Todas de compositores europeus e de três g…

O mundo em paços de dança

Imagem
A escola Dança e Arte, localizada no bairro da Cremação na capital paraense, realizou na noite de 07 de julho de 2017 no Teatro Margarida Schivasappa o seu espetáculo O Mundo em Passos de Dança. Foi um espetáculo de encerramento de semestre desta escola, situada na Avenida Alcindo Cacela na esquina da Passagem Mucajás, portanto, no centro do bairro. O que me levou a assistir esse espetáculo foi o fato de meu sobrinho João Vitor estudar dança de rua nela.  O que também chamou a minha atenção é pelo fato da escola se situar nos altos de uma academia de ginástica e não ter uma fachada para chamar a atenção à ela. Ou seja, todos pensamos que naquele prédio há somente uma academia de ginástica e não, também, uma escola de dança. Pois bem, a criadora da escola faz, com seus professores, um trabalho hercúleo para envolver vários jovens no mundo da dança. Inclusive com distribuição de bolsa de estudos: meu sobrinho é bolsista. Creio eu, para incentivar a entrada de meninos na escola; consideran…