Postagens

Mostrando postagens de 2009

NOVA MÚSICA BRASILEIRA 1

Para aqueles que não sabem quais são os caminhos traçados pela música erudita brasileira na atualidade aqui vai um bom exemplo: o compositor gaúcho Danilo Kuhn, que foi meu colega no mestrado em música da UFPR em Curitiba. Nos endereços abaixos, vocês podem conferir dois trabalhos de Kuhn postados no youtube. É só clicar e conferir o que anda sendo feito na vanguarda musical brasileira. Além da música erudita Kuhn também é ligado a música nativista praticada no Rio Grande do Sul. Dêem um clic e confiram.
Endereço da peça Rinascita:
http://www.youtube.com/watch?v=XjCrxAWxGiU


Endereço de São Lourenço Tchê Chama


http://www.youtube.com/watch?v=Hq0RaDoTaWY&feature=related

Novo recital de Atala Ayan e Marília Caputo

Imagem
De férias em Belém para onde retornou a modo de passar as festas de final de ano com a família dando um tempo no seu curso de canto, que hora realiza em Nova York, o tenor paraense Atalla Ayan dará recital na próxima terça-feira 29 de dezembro de 2009 às 20:oo horas na Sala Augusto Meira Filho no Arte Doce Hall na capital paraense. O programa, camerístico por excelência, terá na sua maioria canções para voz e piano e duas árias operísticas para tenor que estão entre as mais aclamadas e queridas no repertório tradicional dos tenores; o destaque antecipado fica por conta da ária de Lensky do III ato da ópera Eugênio Oneguin de Tchaikovsky que põe por terra a afirmativa de muitos eruditos de que o atormentado compositor russo não passava de piegas criador de melodias sentimentais. Kuda, Kuda é extremamente sentimental, mas para aqueles que ainda não a conhecem saberão assim que a ouvi-la que ela é tudo menos piegas. Pelo programa já divulgado Atalla e Marília conseguiram, certamente, os …

MOSTRA DE DANÇA DA COMPANHIA MUNICIPAL DE DANÇA DE BELÉM

Imagem

CORO CARLOS GOMES E O NATAL DE ANA JÚLIA

Teve início na noite de 10 de dezembro de 2009 o Natal para Todos promovido pelo atual governo estadual paraense de Ana Júlia Carepa. Com uma vertente social (doação de brinquedos, lençóis brancos etc.), o evento terá duração estendida até a Noite de Reis de 2010, ou seja, 6 de janeiro, usando música como chamariz de público: música popular, é claro.Mas para deixar um pouco o populismo petista de lado, foi chamado para “abrir com chave de ouro”, nas palavras da apresentadora, o nosso Coro Carlos Gomes que fez uma apresentação com músicas do repertório popular e algumas do repertório tradicional como Adeste Fidelis. Para variar foi uma boa apresentação, mas sinceramente não gostei nenhum pouco da colocação do Coro dentro da programação.Todos que estão acostumados a concertos de música popular sabem que as bandas que fazem a abertura desses concertos não passam do limbo musical, afinal de contas elas não estão ali para serem ouvidas. Estão ali somente para encher de música o intervalo a…

O QUEBRA-NOZES DE ANA UNGER

Imagem
Final de ano letivo é hora de fazer apresentação dos alunos como culminância de um ano de trabalho e o Centro de Danças Ana Unger não foge a essa regra. A bailarina e coreógrafa paraense, também uma das grandes agitadoras culturais da capital do Pará, este ano fez apresentar no Teatro da Paz uma bela montagem do bailado top de linha escrito por Tchaikovsky e coreografado por Lev Ivanon (Petipa estava doente) em 1892, meses antes da morte do compositor russo. A montagem contou com a participação de praticamente todo o Centro de Danças, vista a quantidade enorme de bailarinas no palco, acrescida de alguns rapazes abnegados e dedicados ao balé nesta machista terra paraense; dentre eles André Teixeira e Ronilson Cruz que se alternaram na interpretação do Príncipe Quebra-Nozes. Aliás, como não conheço nenhum dos dois bailarinos não sei quem participou na noite de domingo quando assiti e registrei a apresentação. Visualmente a montagem foi deslumbrante. Os cenários foram bem simples, porém us…

RECITAL ELZBIETA STERNLICHT

Imagem
A Casa de Estudos Franceses e a Casa de Estudos Germânicos trouxeram para se apresentar em Belém, em recital dado no Teatro da Paz na noite de 26 de novembro de 2009, a pianista polonesa Elzbieta Sternlicht que teve entre seus professores a grande pianista brasileira Magdalena Tagliaferro, estudando Interpretação com ela em Paris. Foi Elzbieta quem selecionou em Hamburgo, Alemanha, o piano de cauda Steinway D usado atualmente para concertos e recitais no Teatro da Paz. De modo que o seu recital foi um reencontro com esse instrumento. Elzbieta é atualmente professora da Universität der Künste em Berlim (Universidade das Artes) sendo especialista em obras pianísticas do século XX, além de obras do repertório tradicional. só mesmo uma pianista estrangeira para dar um recital pianístico todo de obras modernistas em Belém do Pará. Elzbieta já e uma senhora de idade e por isso mesmo de grande experiência pianística. O seu recital, dividido em duas partes, trouxe o radicalismo moderno de Andr…

SIBERIAN VIRTUOSI

Na noite de 16 de novembro de 2009 a Orquestra de Câmera Siberian Virtuosi, liderada pelo maestro Fabio Mastrangelo, fez uma apresentação em Belém na Sala Augusto Meira Filho pela SérieConcertos para Belém II, realização da Musikart Produções com patrocínio da Vale e apoio do MinC (pela Lei Rouanet). O programa foi o seguinte: Barber: Adagio para Cordas, Mozart: Divertimento em F maior K. 138, Berlioz: Marcha Húngara de A Danação de Fausto, Elgar: Serenade, Villa-Lobos: Prelúdio das Bachianas Brasileiras nº. 4, Holtz: Suíte St. Paul. Houve um bis com uma peça que me é desconhecida. A orquestra foi formada em 1995 em Novosibirsk, capital da Sibéria. A maioria de seus 14 integrantes também compõem a Sociedade Filarmônica Estatal de Novosibirsk. O repertório apresentado privilegiou duas cores distintas: a luminosa, das obras de Mozart, Berlioz e Holst e a opaca das intimistas obras de Barber e Villa-Lobos e da sóbria (ma non troppo) Serenade de Sir Elgar. O co…