Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2009

Encerramento do III FIOM

Imagem
Na noite do domingo, 20 de setembro de 2009, foi encerrado o III Festival Internacional de Ópera da Amazônia com o já tradicional concerto em frente ao Teatro da Paz (sua sede) e artistas que participaram das montagens do Festival, acompanhados pela Orquestra Sinfônica do Teatro da Paz sob a regência de seu novo titular, o paraense Enaldo Oliveira, que até pouco tempo estava radicado nos Estados Unidos. Concerto ao ar livre sempre é complicado pela barulheira dos traseuntes, das conversas daqueles que assistem, do vai e vem de todos: o que pode ser conferido nos vídeos anexos.

































Carmen: trio da Cartas

ORQUESTRA VALE MÚSICA

Na tarde de 23 de agosto de 2009, portanto, a quase um mês os alunos do Projeto Vale Música apresentaram-se na Sala Augusto Meira Filho sob a regência do alemão Walter-Michael Vollhardt, com uma participação especial do Coral Vale Música. Tocaram Haydn, Francisco Manoel da Silva, Haendel, H. Genzmer, Ernani Aguiar, Bach e L. Vollhardt. É claro que a apresentação teve seus erros, não foi perfeita, falta maturidade musical para os jovens músicos, mas isso tudo não é posto na balança por conta da faixa etária deles e pelo fato de ainda serem muito novos no mundo da música. Mas, sinceramente, confesso que fiquei impressionado com o som que eles já estão tirando de seus instrumentos. Não pensava encontrar uma orquestra de alunos em estágio tão avançado de execução musical para a idade deles. Sinal que o Projeto Vale Música está fazendo ótimo trabalho e parabenizo aqui os seus professores. Trabalhos como esse fazem de Belém uma cidade diferencial no mundo musical. Quando há pessoas interess…

TRIO GUARNERI DE PRAGA

Na próxima terça-feira 15 de setembro de 2009, às 20 horas, na Sala Argusto Meira Filho no Arte Doce Hall, ocorrerá um recital imperdível. Será a apresentação do Trio Guarneri de Praga, que vem a Belém pela Série Música para Belém II promovido pela MUSIKART Produções Culturais, com o patrocínio da VALE e apoio do Governo Federal, através do Ministério da Cultura via Lei Rouanet. Tocarão Beethoven, Brahms e Smetana. Abaixo o ensaio de divulgação preparado pela Musikart.
«A interpretação mais refinada que já houvi desde Stern-Rose-Istomin».
O "Times"
O Trio Guarneri de Praga é considerado como o digno sucessor do Trio Tcheco e do Trio Suk. Criado em 1986 por três grandes solistas de renome internacional, o Trio logo fez sucesso e adequeriu fama internacional, sendo hoje em dia um dos conjuntos mais importantes da música de câmara.
O Trio Guarneri di Praga é regularmente convidado por todos os festivais internacionais como O Festival Internacional de Lucerne, a Primavera de Praga, …

Ó de Almeida canta franceses

Imagem
Na próxima quinta-feira, 10/09/2009, no Museu de Arte Sacra do Pará; situado na Igreja de St. Alexandre no bairro da Cidade Velha em Belém, os paraenses João Augusto Ó de Almeida (tenor) e David Martins (piano) farão um recital de canções francesas intitulado SOUVENIRS CANÇÕES FRANCESAS. A voz levinha, embora de pouco volume sonoro, de Ó de Almeida deve ser encaixar à perfeição no repertório francês, que como todos sabem, sempre ressaltou a linguagem pondo-a, muitas vezes, acima da música.

REABERTURA DA CATEDRAL DE BELÉM

Imagem
A Catedral Metropolitana de Santa Maria de Belém do Grão-Pará está novamente reaberta ao público, e fiéis católicos paraenses, que passaram os últimos quatro anos tendo que ver a imagem de Nossa Senhora de Nazaré sair de outro local para o Círio que não a sua casa própria. para os paraenses que não são cristãos como eu, foram quatro anos sem poder apreciar a beleza arquitetônica e decorativa gloriosa que a Catedral de Belém. Prédio magnífico, já era para ter sido entregue há pelo menos uns dois anos; se as obras da reforma não tivessem sido paralisadas na troca de governo entre Simão Jatene e Ana Júlia Carepa. Mas a demora abriu em todos um apetite voraz pela finalização da reforma, e agora que ela está concluída, é só ir lá e se deleitar com a grandiosidade de uma das mais imponentes construções paraenses do período barroco do então Estado português do Grão-Pará e Maranhão. Para os que não podem ir até lá, em anexo estão imagens e um vídeo da noite de reabertura da Catedral.
















PINHEIRO E CAPUTO NO FIOPAMA

A dupla sensação, Reginaldo Pinheiro e Marília Caputo, fizeram mais um recital em Belém do Pará: desta vez dentro do III Festival Internacional de Ópera da Amazônia, mas com verbas provenientes da série Concertos para Belém II patrocinada pela Vale. Cameritas de excelência, não há muito o que falar da excelência de ambos. O que dizer quando o maior tenor paraense da atualidade faz duo com a maior pianista paraense da atualidade? Música feita em seu nível mais alto. Repertório enchuto, interpretações vibrantes, música de primeira linha. Ganha uma nota 10 facilmente. É só conferir nos vídeos que mostram a segunda parte do programa completa.

ARTIGOS SOBRE O I FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICA DE CÂMERA DO PARÁ

Jornal do Brasil, sábado, 23 de abril de 1988


RADICAL – Rubens Monteiro

O quarteto municipal de cordas de São Paulo recebeu um sonoro não do prefeito Jânio Quadros e não poderá participar em maio do 1º Festival Internacional de Música de Câmara do Pará.

No despacho ao convite formulado pela Fundação Carlos Gomes, Jânio disparou: “Indeferido. Não sairá da capital”.

****

O veto é mais uma seqüela do acidente de dois meses atrás, na inauguração do Teatro Municipal de Americana, no interior paulista, quando o palco desabou e o buraco aberto tragou cerca de 100 músicos da Orquestra Sinfônica Municipal e cantores do coral municipal de São Paulo.

A partir daí, Jânio passou a proibir viagens dos músicos para fora da cidade.

Não abre exceção nem para uma eventual apresentação no Teatro Municipal do Rio.



10 – 1º Caderno – A Província do Pará – Belém – Quinta-feira, 19 de maio de 1988.

Belém sedia 1º Festival de música de câmera

O Governo Hélio Gueiros, através da Fundação Carlos Gomes, estará realizando …