Postagens

Mostrando postagens de 2010

Roberta França e Campos de Melo: Recital em Belém

Os paraenses Roberta França e Paulo José Campos de Melo realizaram na noite de 20 de dezembro de 2010 na Sala Augusto Meira Filho em Belém do Pará um recital promovido pela Fundação Amazônica de Música enchendo a capital paraense de sons musicais na reta final deste ano. Aliás 2010 está repleto de apresentações musicais no período natalino como há anos não se via. Paulo José e Roberta são dois legítimos representantes do que significa ser músico erudito paraense, isto é, bem preparados tecnicamente, de qualidade musical elevada, de indiscutível talento artistico e por isso mesmo músicos que tiveram de sair do Pará para fazer carreira profissional em outros estados ou países devido a total incapacidade da terra paraense - e pela falta de interesse do nosso povo, diga-se - em manter esses grandes músicos em nossa terra. Por isso o Pará continuará a abandonar os seus grandes músicos e quem fará uso deles são outros povos mais sábios e espertos que o nosso, sabedores de que um músico de qu…

VERENA ABUFAIAD E ORQUESTRA VALE MÚSICA

Na noite de 25 de outubro de 2010 no Teatro da Paz em Belém do Pará, a Orquestra Jovem Vale Música apresentou excelente concerto no templo maior da cultura paraense. Foi um concerto memorável, posto que alunos e não profissionais, na sua maioria, estavam tocando obras de peso do repertório sinfônico internacional. Tchaikovsky, Carlos Gomes e Grieg tiveram obras executadas em um nível alto pelos alunos do Projeto Vale Música (leia informações abaixo). Essa orquestra jovem já está se destacando bastante no cenário musical paraense, tendo seus concertos concorridos e já várias vezes lotados, creio eu, pela fama crescente que estes meninos andam obtendo. Basta assistir os vídeos abaixo para se constatar que todos os professores da Fundação Amazônica de Música estão desempenhando um trabalho extraordinário no preparo técnico desses jovens músicos. Apesar do Projeto Vale Música ser voltado para a educação musical de crianças e adolescentes, é evidente que ele estrapolou seus objetivos, dando…

ENCERRAMENTO DO FIMUPA 2010

Imagem
Este vídeos mostra uma pequena parte do concerto de encerramento do Festival Internacional de Música do Pará de 2010. Pode parecer grandioso, mas foi, verdadeiramente, uma fajutice sem limites de um evento musical divisor de águas na história da música de concerto na capital paraense. Nem de longe, quanto mais de perto, essa edição do festival talvez nem seja merecedora da designação Internacional, pois músicos de outras nacionalidades foram coisa muito rara nessas quatro edições de governo petista de Ana Júlia Carepa. Ao que parece, os músicos paraenses e brasileiros dominaram o cenário dos FIMPs petitas por conta da visão populista e popular dos vermelhinhos de que um festival internacional cheio de grandes músicos estrangeiros é "elitista"; e elitismo, como todos sabemos, é execrado pelos petistas mais radicais; daqueles que usam a bandeira do partido como vestuário.
Somando tudo e noves fora foi um dos piores festivais que nós podemos (ter o desprazer) de pr…

Medalhas de ouro e de prata em Viena

Os invejosos belenenses devem estar verde de ódio. Tudo se justifica porque o Coro Carlos Gomes; o nosso mais premiado e, por isso mesmo, desprezado conjunto musical ganhou mais duas medalhas para seu panteão: uma de ouro (DE OURO!) e outra de prata no XXVII Festival e Concurso Franz Schubert, realizado na capital austríaca entre os dias 24 e 28 de dezembro de 2010. A Fundação Carlos Gomes preparou uma postagem em seu blog com informações sobre o histórico ocorrido. Dêem uma lida.
http://fundacaocarlosgomes.wordpress.com/2010/11/29/coro-carlos-gomes-ganha-medalhas-de-ouro-e-prata-durante-concurso-em-viena/

Música Antiga na Fundação Carlos Gomes

A Fundação Carlos Gomes iniciou no dia 01 de dezembro de 2010 o II Festival de Música Belém Antiga dando conta de obras musicais do chamado "período antigo" da história da música, ou seja, da Idade Média ao Barroco. Abaixo as informações postadas no blog da Fundação.
http://fundacaocarlosgomes.wordpress.com/2010/11/30/807/

Ciclo Schumann no Conservatório Carlos Gomes

A professora Dóris Azevedo organizou entre as noites de 9 a 11 de novembro de 2010 sempre as 18 horas o Ciclo Schumann para homenagear o músico alemão na passagem de seus 200 anos de nascimento. Além dos recitais no início da noite, a programação contou com uma exposição sobre a vida do mestre saxão e a exibição de uma cinebiografia holywoodiana na biblioteca do Conservatório Carlos Gomes em Belém do Pará. Tanto a idealizadora quanto todos os músicos que tornaram esse projeto uma realidade merecem os mais sinceros parabéns e aplausos por não deixarem passar em branco na capital paraense a o bicentenário de nascimento de um homem que pode ter morrido louco, mas que fez do piano um instrumento substituto à lira de Apolo de tão poética que é sua obra. Abaixo os dois momentos finais da programação:

DUO AMATO
Fantasiestücke op. 73: Zart und mit Ausdruck; Lebhaft, leicht; Rasch und mit Feuer


Quarteto op. 47- 3ºmovimento: Andante cantabile
Marcus Guedes: violino
Rodrigo Santana: viola
Arthur Alves…

Gounod: Missa de Santa Cecília na Catedral de Belém do Pará

A Missa de Santa Cecília, do francês Charles François Gounod, foi novamente apresentada em Belém do Pará sob a regência da cubana Maria Antonia Jiménez, porém dessa vez houve uma junção do Coro Carlos Gomes e do Coral Vozes da Amazônia. Thaina Souza (soprano), Heitor Carneiro (tenor) e Eduardo Nascimento (barítono) foram os solistas nessa apresentação que contou com a suntuosa decoração da Catedral de Belém como pano de fundo. Natália Kato esteve novamente ao piano acompanhando o efetivo. O resultado foi bem diferente da primeira apresentação (gravada e já apresentada na TV aberta várias vezes pela TV Nazaré do Pará). Resultado musical que, no máximo, chega ao regular. A grande variação em relação a primeira apresentação foi o trio de solistas, bastante irregular. Dos três a melhor participação foi a do soprano Thayna Souza. Basta ouvi-la para se ter momentos de prazer com uma voz bonita, bem formada, com boa sonoridade e que só vem crescendo com o tempo. Nada de gritaria operística, T…

Quarteto Arnon: concerto em Belém do Pará

O quarteto de cordas alemão Arnon, formado por quatro jovens músicos da Escola de Música Hans Eiler de Berlim, atualmente entre os 24 e 26 anos, apresentaram-se na Sala Augusto Meira Filho em Belém do Pará na noite de 04 de novembro de 2010 com um concerto muito agradável onde obras de J. Haydn, Schumann e Ravel foram apresentadas com alto nível técnico e excelente entrosamento dos músicos. Como os músicos se conhecem desde pequenos quando iniciaram os estudos musicais (todos no violino) as trocas de olhares são mais de que meros sinais para suas entradas; são cumplicidade na interpretação das obras, o que dá visivelmente uma simbiose maravilhosa na interpretação musical.
Não acompanhei a execução do quarteto de Haydn, mas a execução dos quartetos de Schumann e Ravel foram uma surpresa e uma felicidade. Alguns musicólogos chamam o romantismo do compositor saxão de "fogoso" e nada melhor para descrever a música do Quarteto de Cordas nº. 3 Op. 41 em lá maior. Música cheia d…

Quarteto Arnon na Sala Augusto Meira Filho

Na próxima quinta-feira, 4 de novembro de 2010 às 20hs, a Fundação Amazônica de Música dá um tempo no jejum de concertos e oferecerá um pequeno banquete musical para os melômanos belenenses: o quarteto de cordas alemão Anon apresentar-se-á na capital paraense com um programa formado por três compositores europeus, porém de escolas musicais distintas: o clássico Joseph Haydn, o lelé da cuca romântico Robert Schumann e o impressionista e pra lá de perfeccionista Maurice Ravel.Para quem conhece o belo quarteto de cordas de Ravel já é um excelente motivo para sair de casa e ir ouvi-lo ao vivo e a cores. Os quartetos de Haydn e Schumann entram como sobremesa.
o programa e a descrição do quarteto seguem abaixo:
QUARTETO ARNONJoseph Haydn (1732-1809)Quarteto de Cordas op.33 n.2 em Mib MaiorAllegro moderato - ScherzoAllegroLargo e SostenutoPrestoRobert Schumann (1810-1856)Quarteto de Cordas op. 41 n.3 em La MaiorAndante espressivo - Allegro molto moderatoAssai AgitatoAdagio moltoFinale: Allegr…