DUO FREIRE/ROSSELINI

Acontecerá na próxima quinta-feira, 18 de fevereiro, na Sala Augusto Meira Filho às 20:oohs sempre com entrada fraqueada ao público o recital do duo de flauta e piano formado por Maurício Freire (Flauta Transversal) e Miguel Rosselini (piano). No programa constarão obras de Brenno Blauth, Sergei Prokofiev e Robert Schumann. Como sempre, mais um programa de qualidade produzido pela Musikart Produções. Vão que o programa com certeza será imperdível.

Programa Recital

Programa do Recital:


Robert Schumann - (1810-1856)

Três Romances op.94

. Não rápido

. Simples, íntimo

. Não rápido


Brenno Blauth - (1931-1993)

Sonata T.5 para flauta e piano

. Allegro

. Andante

. Allegro con Brio


Sergei Prokofiev - (1891-1953)

Sonata nº2 para flauta e piano op.94a

. Moderato

. Scherzo

. Andante

. Allegro con Brio


currículo para divulgação:


O Duo Mauricio Freire e Miguel Rosselini iniciou suas atividade

Duo Mauricio Freire e Miguel Rosselini iniciou suas atividades em 1998 com um recital na Sala Cecília Meireles no Rio de Janeiro. Desde então, com extenso repertório que abrange do barroco ao contemporâneo, com especial ênfase à divulgação do repertório brasileiro, apresentou-se nas principais séries e salas brasileiras. Em 2008, comemorando seus 10 anos de atividades, o duo realizou turnê com uma série de recitais na Alemanha e a gravação do primeiro CD.

Mauricio Freire é professor de flauta da Universidade Federal de Minas Gerais, onde exerceu o cargo de diretor da Escola de Música e diretor de Relações Internacionais. Graduado pela mesma instituição em 1987, é o único flautista a receber o título de doutorado no mundialmente reconhecido New England Conservatory, EUA, em 23 anos de existência do programa. Nas sete últimas temporadas tem atuado com 1º. Flautista Solista da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e mantém uma ativa carreira como solista e camerista. Já se apresentou nas principais salas do país além dos EUA, Europa e América do Sul. Em Boston atuou regularmente com o renomado grupo de música contemporânea “Boston MusicaViva”, com o qual, em maio de 2002, foi solista na primeira audição mundial da ópera "The Mockingbird", de Thea Musgrave. Ainda em Boston apresentou-se como solista com a “Boston Chamber Music Society”, o "New England Conservatory Bach Ensemble" e “Contemporary Ensemble". Em 2005, ao lado do pianista Nelson Freire, apresentou-se no festival Piano aux Jacobins em Toulouse, França. Figuram entre seus professores James Galway, Paula Robison, Fenwick Smith, Expedito Vianna e Artur Andrés.

Miguel Rosselini deve sua formação pianística no Brasil a Gilberto Tinetti e Jacques Klein. Na Alemanha, onde viveu cinco anos, realizou Mestrado e Doutorado na Escola Superior de Música de Karlsruhe, sob orientação de Fany Solter. Vencedor de diversos concursos, aos 18 anos foi detentor do Prêmio Jovens Solistas da OSESP, quando tocou o 2º Concerto de Saint-Saens sob a regência de Eleazar de Carvalho. Desde então sua carreira o tem levado às principais salas de concerto do Brasil, e também à Itália, Suíça, Alemanha e Canadá, sempre com notável êxito. Como solista, atuou à frente das Orquestras: Sinfônica de Minas Gerais, Sinfônica Municipal de Campinas, Filarmônica de Baden-Baden, Bach Orchester Herzogtum-Lauenburg, entre outras. Como camerista, ao lado de Hanno Simons, Cláudio Jaffe, Antonio Saiote, Helen Jahren, Keyth Underwood, Roman Simovic, Dilson Florêncio e vários outros. Seu duo pianístico com Celina Szrvinsk tem sido reconhecido como um dos mais destacados do país. Possui dois Cds gravados, tendo sido o Cd de 2005 citado pela revista Diapason como uma das melhores gravações brasileiras do ano. Desde 1985 é professor na Escola de Música da UFMG. Muitos de seus alunos são premiados em concursos nacionais e vários deles já são professores em universidades brasileiras. É frequentemente convidado para compor júris de concursos de piano e como docente em festivais de férias.


The Duo Mauricio Freire e Miguel Rossellini made its debut in 1998 with a recital at “Sala Cecília Meireles” in Rio de Janeiro. Since then, with a wide repertoire ranging from Baroque to Contemporary periods and special emphasis to the Brazilian repertoire, the duo has been featured in the main recital series and halls in Brazil. In 2008, in commemoration of its 10th anniversary, the duo made its first international tour with a series of recitals in Germany and the recording of present CD.

Mauricio Freire is in the faculty of the Federal University of Minas Gerais – UFMG- where he was previously the Director of the School of Music and Associate Director of International Relations. Graduated from the same institution in 1987, Mr. Freire is the first and only flutist to receive a Doctorate with honors from the acclaimed New England Conservatory in Boston, in 23 years of existence of the program. In the last seven seasons he has appeared as guest principal flutist with the Sao Paulo Symphony Orchestra along with a busy schedule as soloist and chamber music. He has performed in some of the most important music halls in Brazil, in addition to the USA, Europe and South America. In Boston he was a member of the renowned new music group “Boston Musica Viva”, with whom, in 2002, premiered Thea Musgrave’s opera "The Mockingbird" de as soloist. Also in Boston Mauricio Freire appeared as soloist with the “Boston Chamber Music Society”, the "New England Conservatory Bach Ensemble" and “Contemporary Ensemble". In 2005, along with pianist Nelson Freire, he performed at the Piano aux Jocobins festival in Toulouse, France. Among his teachers feature James Galway, Paula Robison, Fenwick Smith, Expedito Vianna e Artur Andrés.

Miguel Rosselini studied in Brazil with Gilberto Tinetti and Jaques Klein. In Germany, where he lived for five years, Rosselini got his Master and Doctorate graduate degrees from Karlsruhe School of Music in Germany under Professor Fany Solter’s guidance. Winner of several competitions, at the age of eighteen he got the Young Soloist Award from OSESP – Sao Paulo Symphony, with whom he performed Saint-Saens Concerto no. 2 under Eleazar de Carvalho direction. Since then, his career took him to the main concert halls in Brazil and also Italy, Switzerland, Germany and Canada. As soloist, he appeared with Minas Gerais Symphony, Campinas Symphony, Baden-Baden Philharmonic and Bach Herzogtom-Lauenburg Orchestra, among others. As a chamber player he collaborated with Hanno Simons, Cláudio Jaffe, Antonio Saiote, Helen Jahren, Keyth Underwood, Roman Simovic, Dilson Florêncio, and several others. His piano duo with Mrs. Celina Szrvinsk, which has been recognized as one of the best of the country, has recorded two CD’s. The one released in 2005 was featured in Diapason Magazine as one of the best recordings of the year. Miguel Rosselini is in the faculty of the School of Music of UFMG since 1985. His students frequently win prizes in national competitions and several of them are already in the faculty of Brazilian universities. Mr. Rosselini is regularly invited for piano competitions juries and to teach in music festivals





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESSA NEGRA FULÔ: ANÁLISE

FORMA E ESTRUTURA NA ÓPERA: CENA III - ESTRUTURAÇÃO DE UMA ÓPERA

Mozart: Bastião e Bastiana em português e com sotaque paraense