Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2010

TRIO GUEDES, DEL CLARO E CAPUTO EM RECITAL

Qualquer um, musicólogo ou não, que venha trabalhar a história da música de concerto em Belém do Pará inevitavelmente irá encontrar dois nomes repetitivos nessa história, sobretudo, quando se trata do Festival Internacional de Música de Câmera do Pará; hoje denominado sem o "de câmera" para abranger o crescimento e diversificação do mesmo. Que nomes são esses?: Antonio del Claro e Marília Caputo. Ele regente titular da Camerata do Festival por várias edições. Ela participou da criação do FIMP e de várias edições posteriores. Maior pianista paraense da atualidade e, muito provavelmente, de todos os tempos no Pará até o surgimento, no futuro, de um melhor. Preciso dizer mais?: Acho que não. Marcos Guedes, ainda veio pouco à Belém, e por isso não conta com a estrada dos colegas nos nossos palcos. Pelo pouco que mostrou, precisa voltar mais vezes. Os três juntaram-se para tocar na série Concertos para Belém II um repertório a altura de seus dedos experientíssimos. Schumann, Rachma…

RECITAL DO DUO FREIRE-ROSSELINI

Na noite de 18 de fevereiro, portanto, logo após o carnaval 2010, o duo de flauta e piano formado pelos ótimos Maurício Freire (piano) e Miguel Rosselini (piano). O duo cumpriu o programa divulgado sem nenhuma alteração e brindou o público com um movimento de uma sonata para flauta e piano que Mozart escreveu aos 7 anos de idade, logicamente, sob a orientação de Leopold; o que foi comum na formação do milagre salzburguês e um noturno do brasileiro Ary Ferreira. Instrumentistas de sólida formação musical, ambos tocam com a firmeza própria dos músicos com sólida formação técnica. Som límpido, esclarecido, sem sujeira, bem articulado e evidente compreensão da linguagem musical dos compositores escolhidos. O programa manteve uma linearidade na sonoridade, do início ao fim, não destoando quase nada, embora os compositores escolhidos sejam de estéticas distintas: o romântico Schumann, o brasileiro Brenno Blauth e o moderno Prokofiev. Bom para os nossos ouvidos que não sofreram …

CONCERTOS PARA BELÉM II: PAMELA PYLE E BRIAN LEWIS

O Duo de piano e violino formados pelos norte-americanos Pamela Pyle e Brian Lewis realizaram um super recital na noite de segunda-feira, 10 de maio de 2010, na Sala Augusto Meira Filho, do Arte Doce Hall em Belém do Pará como já havia anunciado na postagem anterior. Já está bastante repetitivo eu escrever que os músicos foram perfeitos na execução, com som límpido, excelente leitura das partituras, entrosamento mais que perfeito etc. Mas dessa vez houve um diferencial, sobretudo pelo violinista Brian Lewis, que conseguiu uma comunicação muito sincera com a platéia (conferir nos vídeos); o que deixou a formalidade e aquela distância respeitosa entre público e músicos de fora da performance dessa vez. Ponto para ele: quem ganhou foram todos nós.
O recital, na sua maioria, foi estruturado por peças arranjadas para violino e piano, pois as originais foram escritas para outras formações intrumentais. Palmas para os arranjadores que fizeram um excelente trabalho. O meu destaque para o recit…

RECITAL LEWIS/PYLE NO ARTE DOCE HALL

Na próxima segunda-feira dia 10 de maio de 2010 às 20hs, o Duo Lewis/Pyle formado pelos instrumentistas estadunidenses Brian Lewis (violino) e Pamela Pyle (piano) estarão dando recital na Sala Augusto Meira Filho no Arte Doce Hall. O recital é mais um número da série Concertos para Belém II promovido pela Musikart Produções Culturais com patrocinio da Vale e apoio do Minc/Governo Federal. Como sempre, é um recital altamente recomendável para aqueles que estão em Belém e podem ir ouvir música de alta qualidade com um grupo que deve ser de primeira linha. Eu vou.
Currículos:
Pamela PyleComeçou a estudar piano com a mãe aos quatro anos, mais tarde tendo estudado com Patricia Zander no New England Conservatory, Ann Schein em Aspen e Kaplinsky Yoheved, Sanders e Samuel Feldman Jonathan na Juilliard. Nessas instituições, Pamela Pyle também se dedicou à música de câmara com expoentes Eugene Lehner, Louis Krasner, Joseph Fuchs, Robert Mann e Felix Galimir. Seu reconhecimento musical por suas in…

RECITAL FLORES DE MAIO

Imagem
Na próxima sexta-feira, 7 de maio, às 20 horas na Igreja de Nossa Senhora do Rosário em Belém do Pará o Coral Vozes da Amazônia estará apresentando seu concerto em homenagem às mães. Não irei porque estarei trabalhando (ó céus!), mas recomendo-o. Vale a pena sair de casa para ouvir este que é o melhor coral amador da capital paraense. Também pudera, eles são regidos por ninguém menos que Maria Antonia Jiménez ( a nossa cubana de estimação) e agora preparados vocalmente pelo tenor paraense Tiago Costa, só podem estar no ótimo nível vocal para quem não é cantor de formação.