terça-feira, 19 de julho de 2011

QUARTETO ÁGORA: UM RECITAL CALORENTO



             O Quarteto Ágora, da França, encerrou o primeiro semestre da série Concertos para Belém III na noite de 30 de junho de 2011 na Sala Augusto Meira Filho do Arte Doce Hall em Belém do Grão-Pará. Na ocasião, a 2º violino Sophie Kalch - doente - foi substituída por um violinista que se tornou o "bendito fruto" entre as mulheres que formam este conjunto camerístico.
        O conjunto parece ter uma outra Mulher Biônica (aquela da série de TV) com ouvido super privilegiado, pois reclamaram do barulho do ar condicionado da sala e solicitaram à administração da mesma que o aparelho fosse desligado durante todo o recital. A justificativa foram os finos tecidos musicais das obras apresentadas. Resultado, passamos calor durante toda a audição e, certamente, vários devem ter perdido a concentração na música devido ao altor teor de "calor musical" do momento.
           Musicalmente o grupo está muito bem entrosado e com técnica muito bem preparada. O som foi limpo, as leituras muito profundas em relação aos fraseados e à intensidade. O Quarteto de Debussy foi um destaque a parte, embora esse tipo de música não agrade aos troianos daqui, pois um dos meus colegas saiu da sala reclamando do quarteto debussyano, dizendo: "Debussy escreveu este quarteto para expulsar todos da sala de concertos". Bem, música francesa não é de agradar a gregos e troianos. Parece que vários ouvintes a consideram tão antipática quanto seus compatriotas. 
               Já que sou fã arriado do quarteto de Debussy passei toda a execução deleitando-me com essa obra deliciosa e de sonoridades bem variadas. As cores da partitura foram uma verdadeira "pintura musical".
Tirando o calor e o desconforto causado por ele, essas moças (e  o rapaz)  deram-nos uma noite bastante agradável.



INFORMAÇÕES DO PROGRAMA: 


QUARTETO ÁGORA
O Quarteto Ágora foi formado em setembro de 2007 em Paris, por musicistas graduadas no Conservatório Nacional Superior de Música de Paris, Royal College de Londres e na Escola Superior de Música de Genebra.
Receberam em 2008 a orientação de Walter Levine (do Quarteto Lasalle) e desde 2009 pertencem à classe regular em Paris, de um dos mais célebres quartetos de cordas da atualidade - Quarteto Ysaye.
O conjunto foi reconhecido no III Concurso Europeu de Música de Câmara Karlsruhe, Alemanha, como grande revelação nesta formação camerística. Já se apresentaram em inúmeros festivais na França e Inglaterra e em fevereiro de 2010
no Japão.  
Marie Salvat (1º. violino) graduou-se no Conservatório de Paris na classe de Patrice Fontanarosa e concluiu o Mestrado no Royal College of Music em Londres. Em 2007 como bolsista do Programa Erasmus estudou em Viena sob orientação de C. Altenburger. Foi detentora do 3° prêmio no Concurso Vatelot de Paris e atuou como solista com a Orquestra Sinfônica "Canet" e Orquestra de Câmera "Camérata de France".
Sophie Kalch (2° violino) iniciou seus estudos com Yvette Lafargue, prosseguindo-os com Jean Ter Merguerian no CRR de Marseille. Em Paris cursou também Musicologia na Sorbonne e aperfeiçoou-se com Alexandre Brussilowsky, Christophe Poiget e Florin Szigeti. Diplomou-se na Escola Superior de Música de Genebra na classe de J.P. Wallez (violino) e Gabor Takacs-Nagy (música de câmera). Integrou inúmeras orquestras na França e Suíça, com as quais viajou por toda a Europa e Ásia.
Marie·Noëlle Bernascon (viola) iniciou seus estudos aos quarto anos com Yvonne Blot em Paris. Em 1996 obteve o primeiro lugar no Concurso "Bellan" em Paris. Em 2003 foi admitida no Conservatório de Paris, onde estudou com Gérard Caussé e Laurent Vernet. Tem integrado a convite a Orquestra Nacional da Ópera de Paris e a Orquestra Prométhée.
Alice Picaud (cello) iniciou seus estudos de cello aos sete anos e logo em seguida também de piano. Em 2002 ingressou no "Conservatoire à Rayonnement Régional" em Paris, na classe de Xavier Gagnepain, tendo aí graduado-se em cello e música de câmera. Participou de inúmeros cursos com grandes artistas e regentes. Em 2006 entrou para o Royal College of Music de Londres, na classe de Thomas Carrol e Helêne Dautry. Em 2008 foi solista com a Orquestra Cachan em Paris. 



PROGRAMA:

Joseph Haydn (1732-1809)                           Quarteto de Cordas em sol menor Op. 74 nº 3 "O Cavaleiro"                                    
                                                                       Allegro
                                                                       Largo assai
                                                                       Menuetto: Allegro - Trio
                                                                       Finale: Allegro con brio


Claude Debussy (1862-1918)                        Quarteto de Cordas em sol menor Op. 10
                                                                       Animé et très décidé
                                                                       Assez vif et bien rythmé
                                                                       Andantino, doucement expressif
                                                                       Très modéré


Ludwig van Beethoven (1770-1827)              Quarteto de Cordas em mi bemol maior Op. 127
                                                                       Maestoso - Allegro
                                                                       Adagio, ma non troppo e molto cantabile
                                                                       Allegro


VÍDEOS:

JOSEPH HAYDN (1732-1809)  Quarteto de cordas em G menor OP. 74 nº. 3 "O Cavaleiro"

1º movimento: Allegro

video


2º movimento: Largo assai

video

3º movimento: Menuetto: Allegretto - Trio
video

4º movimento: Finale: Allegro con brio
video

CLAUDE DEBUSSY (1862-1918) Quarteto de cordas em G menor Op. 10

1º movimento: Animé et très décidé

video


video


video

video


sábado, 16 de julho de 2011

MÚSICA DE BALLET: UM BLOG RECOMENDÁVEL


          Há uns dois anos, procurando por uma gravação do bailado Gayaneth do armeno Aran Katchaturian, encontrei esse excelente blog denominado "Música de Ballet". Ele contém vasto material em áudio (gravações) de diversos bailados de repertório, além de material musical para aulas de balé. As postagens não são muito regulares. Não há ensaios sobre dança ou mesmo vídeos. Todo o blog é destinado a divulgação de gravações discográficas de diversos bailados e de obras musicais que foram utilizadas em diversas coreografias. Vale muito  conhecê-lo, pois nele estão divulgadas algumas gravações raras e de difícil - se não dizer impossível - acesso no mercado discográfico brasileiro, onde pagamos caríssimo por uma imensa falta de ofertas.
             O endereço do link segue abaixo: