James Campbell e Willis Delony: Recital na Augusto Meira Filho

                                                    

O duo camerístico de piano e clarineta formado pelo canadense James Campbell e pelo estadunidense Willis Delony apresentaram-se em Belém do Grão-Pará na noite de 31 de maio de 2012 em promoção da Fundação Amazônica de Música. Foi um excelente recital destes dois desconhecidos músicos em nosso meio musical. Os jazzistas certamente já os conheciam, mesmo assim o público que foi à Sala Augusto Meira Filho não foi muito expressivo numericamente. Mas os que foram puderam aproveitar música de câmera de primeira com dois músicos veteranos de total controle técnico e interpretativo de seus instrumentos.
Só pelo fato de ter a clarineta como solista já valia a pena conferir este recital, já que para mim, a clarineta é um dos instrumentos de sopro mais bonitos e sensuais que existem.
Mas um grande momento na temporada de música erudita em Belém neste ano de 2012.

Informações do programa:

JAMES CAMPBELL
Chamado de "o mais proeminente clarinetista e solista canadense", James Campbell tem se apresentado corno solista e camerIsta em mais de 30 países, com mais de 60 orquestras como a Boston Pops, Montreal Symphony e a SinfônIca de Londres. Atuou ao lado de Glenn Gould e Aaron Copland e saiu em turnê com mais de 35 quartetos de cordas, incluindo o Guarneri, o Amadeus e o Vermeer.
Das suas mais de 40 gravações, a do quinteto de Brahms da BBC e do The Times é considerada a melhor disponível no mercado e seu CD "StolenGems" recebeu o prêmio Juno. James Campbell foi nomeado o Artista Canadense do ano recebendo a medalha Queen's Jubilee, a mais alta honraria Canadense. Também é Diretor Artístico do Festival of the Sound-Canadá e Professor de Música da famosa Jacob School of Music da Universidade de Indiana-EUA.

WILLlS DELONY

Willis Delony ganhou reconhecimento nacional e internacional como pianista de jazz e clássico, regente, compositor e arranjador. Seus concertos que exploram o mundo do jazz e piano clássico estão em uma gravação recente de compositores americanos chamado Double Dance - Classicaland Jazz Connections II, que foi lançado pelo selo Centauro em 2008. Um álbum anterior, também pelo selo Centauro, é chamado A New World A' Comin'- Classicaland Jazz Connections.
Durante recentes temporadas de concertos, Delony atuou como solista de piano e regente com orquestras americanas em todo os Estados Unidos. Como recitalista solo e jazz performer, já se apresentou em mais de 40 estados dos EUA, assim como França, Alemanha, México, China e a antiga União Soviética. Arranjador de jazz experiente, seus arranjos foram tocados por orquestras em todo os EUA e Canadá.
Seu trabalho pode ser ouvido no Club Swing, no StayTuned, e no Cool and Swingin', três espetáculos populares de orquestra com o grupo de jazz vocal Five By Design, em Minneapolis-EUA.
Willis Delony. é Professor Barineau de Estudos de teclado e Professor de Estudos de Jazz na Louisiana State University em Baton Rouge, onde também está há dois anos como diretor interino da escola de musica.




PROGRAMA


Camille Saint-Saens (1835-1921) Sonata op 167 para clarineta e piano


Allegretto
Allegro animato
Lento
Molto allegro  

Johannes Brahms (1833-1897)  Sonata em F menor op. 120 n? 1 para clarineta e piano

Allegro appassionato
Andante un poco adagio
Allegretto grazioso
Vivace

Ernst Mahle (1929)  Sonatina (1974) para clarineta e piano

Frederic Chopin (1810-1849) Prelúdio em mi menor

A. C. Jobim (1927-1994)  Insensatez para piano solo
(Arr. Willis Delony)


Willis Delony    Now We're Friends - (Para clarineta e piano)


Leonard Bernstein(1918-1990)   Sonata para clarineta e piano


Grazioso
Andantino-Vivace e leggiero


Maurice Ravel(1875-1937)   Peça em Forma de Habanera para clarineta e piano


David Baker ( 1931)  Dansa para clarineta e piano 


Vídeos:

Camille Saint-Saëns (1835-1921) Sonata para clarineta e piano Op. 167

1º mov.: Allegreto



2º mov.: Allegro animato


3º mov.: Lento


4º mov.: Molto Allegro


Johannes Brahms (1833-1897) Sonata em F menor Op. 120 nº. 1 para clarineta e piano

1º. mov.: Allegretto



2º. mov.: Andante un poco adagio



3º. mov.: Allegretto grazioso



Ernst Mahle (1929) Sonatina para clarineta e piano (1974)






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESSA NEGRA FULÔ: ANÁLISE

FORMA E ESTRUTURA NA ÓPERA: CENA III - ESTRUTURAÇÃO DE UMA ÓPERA

Mozart: Bastião e Bastiana em português e com sotaque paraense