Orquestra de Violoncelistas da Amazônia na Assembléia Paraense

     As crianças e adolescentes que fazem pulsar o projeto Cordas da Amazônia, criado e coordenado, pelo Prof. Dr. Áureo de Freitas fez mais uma apresentação durante evento realizado no salão da Assembléia Paraense da Av. Presidente Vargas em Belém do Grão-Pará na noite de 14 de junho de 2013.
     As crianças iniciaram as aulas este ano, enquanto que os adolescentes já são veteranos. Um momento de descontração e de grande importância para esses jovens estudantes de música, pois lhes dá - desde cedo - a prática da apresentação em público; coisa que conservatórios não praticam, preferindo atrasar o máximo as apresentações de seus alunos em benefício da qualificação técnica.
   É evidente que os alunos do Áureo ainda estão longe de ter uma técnica apurada no violoncelo, mas privá-los de uma apresentação em público, creio eu, que não seja indicado, pois para apreciá-los é necessário termos em mente se tratar de uma classe de alunos de música e não de músicos de formação. Então o enfoque é outro. Detalhe que nos vídeos Áureo se movimenta muito, deixando claro que não é desses professores parados que preparam os alunos e os mandam "se virarem" nas apresentações. Ele é da classe de professores que estão sempre ao lado dos alunos até eles conseguirem andar com as próprias pernas. 
   Talvez muitos desses meninos nem cheguem a se profissionalizar na música, mas o fato deles estarem tendo uma educação musical qualificada e diferenciada, dar-lhes-á futuramente uma melhor qualificação como cidadãos, pois um lado importante de suas formações como cidadãos foi trabalhado, isto é, o lado da sensibilidade estética e do amor pela música em particular e pelas artes em geral. Cidadãos com esta qualificação sempre farão uma sociedade melhor.
    O Projeto Cordas da Amazônia criado por Áureo de Freitas é agora um dos projetos indispensáveis para a melhoria da educação musical, artística e social na capital paraense. Prova disso é o grande número de alunos que acorrem para ele em busca de uma vaga e felizes ajudam a melhorar nossa amada Belém. Parabéns a todos os envolvidos.


Vídeos:



video


video



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESSA NEGRA FULÔ: ANÁLISE

FORMA E ESTRUTURA NA ÓPERA: CENA III - ESTRUTURAÇÃO DE UMA ÓPERA

Mozart: Bastião e Bastiana em português e com sotaque paraense