Duo Breuninger-Frazão




Informações do Programa:

ALBRECHT BREUNINGER - violino

    Depois de conquistar o segundo prêmio no concurso para violino Rainha Elizabeth na Bélgica em 1997, Albrecht Breuninger tornou-se assim o primeiro violinista alemão a ficar entre os três melhores neste concurso desde a sua primeira edição em 1953. No mesmo ano recebeu o premio de melhor composição para o seu Quarteto de Cordas n. 1 nos Concertos de Verão de Brandemburgo. Esse prêmios são o ponto alto de uma serie de concursos ganhos pelo violinista, onde se destacam os concursos em Bréscia (Itália 1984), Belgrado (Iugoslávia, 1986), Praga (República Tcheca, 1992), Berlim e Montreal (Canadá, 1995). Breuninger estudou de 1981 até 1988 com Josef Rissin na Escola Superior de Música de Karlsruhe onde se formou com nota máxima. Continuou a se aperfeiçoar com grandes violinistas como Henryk Szeryng, Ruggiero Ricci, Aaron Rosand e Ivry Gitlis. Apresenta-se como solista e camerista em vários festivais como o Festival Internacional de Bath (Inglaterra), Festival de Música de Câmara de Kuhmo (Finlândia), Teatro Champs Elysees (Paris), Schwetzinger Festspielen (Alemanha), entre outros. Em 1997 gravou um CD com obras para violino e piano de Mendelssohn, Brahms, Breuninger e Wieniawsky. Gravou para a Rádio WDR as obras para violino solo deste mesmo compositor. Recentemente, acompanhado pela Orquestra da Rádio de Varsóvia, gravou os 4 concertos para violino de Karol Lipinsky e a obra completa de George Enescu. Breuninger foi professor de violino na Escola Superior de Música de Hamburgo entre 1998 - 2002 e atualmente é professor da Escola Superior de Música de Karlsruhe - Alemanha.


ANA FLÁVIA FRAZÃO

     Natural de Goiânia, estudou com Ivana Carneiro, Luiz Medalha e formou-se pela Escola de Música da UFG. Na Alemanha, onde viveu entre 1994 e 2002, cursou a Escola Superior de Música de Karlsruhe, concluindo o Konzertexamen com nota máxima em Piano-Música de Câmera na classe dos professores W. Genuit e Michael Uhde. É detentora de vários prêmios, dentre eles o 1º lugar no Concurso JK, realizado em 1992, cuja premiação lhe valeu um concerto com a Orquestra Sinfonica de Brasilia. Em 2001 obteve o 1º lugar na "Série de Concertos da Sala Barroca" em Kyoto - Japão com o Trio Augarten. Realizou várias gravações para a rádio Südwestfunk na Alemanha e, em 2004, gravou um CD pelo selo italiano "Fondazionen" com o contrabaixista Milton Masciardri. Tem realizado concertos na Europa, Japáo, EStados Unidos, Argentina e em várias cidades do Brasil, sermpre com grande êxito de público e de crítica. Ana Flávia é professora da Escola de Música e Artes Cênicas da UFG, onde também é uma das coordenadas da série "Concertos na Cidade" e "Concertos Goiânia Ouro".

Programa:


Ludwig van Beethoven (1770-1827)

Sonata Op. 12 nº. 3 em E b maior para violino e piano

Allegro con spirito
Adagio con molta espressione
Rondo - Allegro molto

Heitor Villa-Lobos (1887-1959)
Allegro non troppo
Largo
Rondo - Allegro finale

Maurice Ravel (1875-1937)
Tzigane para violino e piano

Bis: Villa-Lobos - Sonhar

Vídeos:

Beethoven: Sonata op. 12 nº. 3 em E b maior para violino e piano

Allegro con spirito


Adagio con molta espressione


Rondo - Allegro molto


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESSA NEGRA FULÔ: ANÁLISE

FORMA E ESTRUTURA NA ÓPERA: CENA III - ESTRUTURAÇÃO DE UMA ÓPERA

Mozart: Bastião e Bastiana em português e com sotaque paraense