Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Leon Keuffer e Humberto Azulay: recital de abertura da temporada 2018

Imagem
A temporada de concertos e recitais da Fundação Amazônica de Música se deu na noite de 23 de fevereiro de 2018, após o carnaval é claro, com um recital de piano e violino com os músicos paraenses Leon Keuffer e Humberto Azulay, ambos de famílias de músicos. Leon é filho de Cecília e Paulo Keuffer. Ela cantora e ele violinista, já falecido. Já Humberto é filho da professora de piano Hilda Azulay, que fez carreira didática na Conservatório Carlos Gomes, onde providenciou a formação dele e da irmã, Adriana, outra grande pianista paraense, também especializada na música de câmera. Portanto, com música por todos os lados e sólidas formações musicais, não é de estranhar que ambos tenham um alto nível técnico e de musicalidade. Humberto e Leon são os exemplos para o ditado popular "filho de peixe, peixinho é". Mas nesse caso, temos dois peixões da música erudita paraense.       No programa três sonatas de épocas e estilos diferentes. Todas de compositores europeus e de três g…

O mundo em paços de dança

Imagem
A escola Dança e Arte, localizada no bairro da Cremação na capital paraense, realizou na noite de 07 de julho de 2017 no Teatro Margarida Schivasappa o seu espetáculo O Mundo em Passos de Dança. Foi um espetáculo de encerramento de semestre desta escola, situada na Avenida Alcindo Cacela na esquina da Passagem Mucajás, portanto, no centro do bairro. O que me levou a assistir esse espetáculo foi o fato de meu sobrinho João Vitor estudar dança de rua nela.  O que também chamou a minha atenção é pelo fato da escola se situar nos altos de uma academia de ginástica e não ter uma fachada para chamar a atenção à ela. Ou seja, todos pensamos que naquele prédio há somente uma academia de ginástica e não, também, uma escola de dança. Pois bem, a criadora da escola faz, com seus professores, um trabalho hercúleo para envolver vários jovens no mundo da dança. Inclusive com distribuição de bolsa de estudos: meu sobrinho é bolsista. Creio eu, para incentivar a entrada de meninos na escola; consideran…