domingo, 20 de janeiro de 2019

TERZETTO TIMBRES: Recital para alunos da F.A.M

      Na tarde de 11 de dezembro de 2018 três ex-alunos da Fundação Amazônica de Música voltaram à ela para mostrarem o que aprenderam durante anos: tocar instrumentos musicais. O recital dos rapazes foi uma apresentação mais voltada para os alunos da F.A.M. mas Isabel Boulhosa fez a divulgação para aqueles externos à Fundação que quisessem ir apreciar um momento de boa música para lá se dirigissem, como foi o meu caso.
      Os três rapazes que formam esse trio de sopros somente comprovam a excelência na formação de músicos eruditos de qualidade no Pará e que o projeto Vale Música deve ter vida eterna para o bem da música erudita na terra de Waldemar Henrique.
     O recital foi composto por quatro compositores, três dos quais ainda desconhecidos para mim, e que creio, para muitos dos ouvintes. O que é uma coisa boa. Pois, assim, saímos dos repetidos e mesmo batidos programas onde são ouvidos os compositores de sempre nos programas de recitais e concertos de música erudita planeta Terra afora.
      Para essa apresentação os três rapazes escolheram um arranjo de um concerto de Vivaldi, dois trios: um de Cambini e um de Rongten, completado por uma peça de Yokoyama. Recital leve, agradável e duração curta já que a plateia foi formada, na maioria, pelos pequenos alunos da Fundação Amazônica de Música e que, ainda, sofrem da inquietação típica da Geração Y. Porém, a maioria teve nota 10 no comportamento. Por mais recitais como esse em 2019.


INFORMAÇÕES DO PROGRAMA:

"TERZETTO TIMBRES

O Terzetto Timbres, formado por Ayron Yves (flauta), Vitor Vasco (oboé) e Sérgio Galisa (fagote), foi idealizado com o objetivo de manter um grupo de câmara mais ativo no cenário musical erudito paraense. Os três integrantes estudaram juntos no Projeto Vale Música, coordenado em Belém pela Fundação Amazônica de Música, tendo larga experiencia orquestral através da Orquestra Jovem Vale Música e, posteriormente, na Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, onde tocam até hoje.
Criado em 2018, o grupo tem se apresentado em aulas concertos do Projeto Vale Música, onde podem apresentar aos novos estudantes um repertório de formação camerística ainda não muito explorado.
Com o crescimento e amadurecimento, o Terzetto pretende expandir suas apresentações nas escolas de música, assim como em outros eventos do Estado, tanto na Capital, quanto no interior.



PROGRAMA


VIVALDI (1678-1741)
Concerto em Sol menor RV 103
Allegro cantabile
Largo
Allegro non molto



G. M. CAMBINI (1746-1825)
Trio em sol menor
Allegro affetuoso
Presto



S. YOKOYAMA (1943)
Souvenir de Caen



J. RONGTEN(1855-1932)
Trio Op. 86
Allegretto con spirito
Poco andante, quase una fantasia
Allegretto




Concerto Mariano 2019 do Coro Carlos Gomes

    Na noite de 08 de outubro de 2019 o Coro Carlos Gomes apresentou o seu já tradicional Concerto Mariano no Museu de Arte Sacra do Pará, ...